sábado, 30 de julho de 2011

Dar ... (:


Fico imaginando se certas pessoas sentadas em seus lares quentes e confortáveis fazem ideia do que é ser um mendigo? Será que algum dia essas "boas e estimadas criaturas" quiseram saber da vida das pessoas e das crianças pobres ao seu redor? [...] Depois ficamos surpresos que os mendigos se tornem tão rudes. Será que qualquer um não ficaria, ao ser tratado mais como um animal do que como um ser humano?
É ruim, muito ruim mesmo , que num 'país que se vangloria' de possuir boas leis sociais e um alto padrão cultural as pessoas se tratem uma às outras dessa maneira. [...] Os ricos, na maioria, olham um mendigo como alguém para ser desprezado, sujo e desamparado, rude e incivilizado. [...] Apenas compare seus filhos com essas pobres crianças. Qual realmente é a diferença? Seus filhos estão limpos e arrumados, os outros estão sujos e desamparados. É só isso? Sim, essa é realmente a única diferença
[...] Nós todos nascemos iguais, eles também eram indefesos e inocentes. Todos respiram o mesmo ar, um grande número acredita no mesmo Deus! E ainda assim a diferença pode ser tão incomensurável, porque muitas pessoas nunca perceberam onde ela está realmente. Porque se tivessem percebido, descobririam que na verdade não há diferença nenhuma. Todos nascemos iguais, todos têm de morrer um dia, e nada fica de sua glória terrena. A riqueza a fama e o poder duram apenas uns poucos anos. Porque as pessoas se apegam tão desesperadamente a essas coisas transitórias? [...] Mas acima de tudo, faça com que as dádivas sejam dadas gentilmente e não apenas atiradas em seus rostos; todos têm direito a uma palavra amiga! Por que alguém deve ser mais gentil com uma mulher rica do que com uma mulher pobre? [...] A verdadeira riqueza não reside na riqueza ou no poder, mas no caráter e na bondade. Todos são humanos, todos têm seus defeitos e imperfeições, mas todos nascem com uma grande parte que é boa. E se alguém começasse por encorajar o bem em lugar de ocultá-lo, [...] não se necessitaria nem mesmo possuir dinheiro ou posses para fazê-lo.
Tudo começa pelas pequenas coisas. Por exemplo [...] Peça desculpas se pisar no pé de alguém pobre como faria com alguém rico. As pessoas sempre seguem um bom exemplo; seja o primeiro a dá-lo e então não levará muito tempo para que outras pessoas o sigam. Mais e mais pessoas se tornarão amáveis e generosas até que finalmente os pobres não serão mais desprezados. 
Oh, se ao menos já estivéssemos nesse tempo futuro onde 'nosso país e depois a Europa' e finalmente o mundo inteiro perceberia que as pessoas são na verdade bem-intencionadas umas em relação às outras, que todos são iguais e o resto é apenas transitório!
Como é delicioso pensar que ninguém precisa esperar um minuto, podemos começar agora, começar lentamente a transformar o mundo! Como é delicioso pensar que todos, grandes e pequenos, podem contribuir para introduzir justiça imediatamente! Assim como em tantas coisas, a maioria das pessoas busca justiça com um objetivo bem diferente; resmunga porque recebe tão pouco dela. Abram os olhos, primeiro certifiquem-se de que vocês mesmos são sempre justos! 
Dêem de si mesmos, dêem o quanto puderem! E vocês sempre podem dar alguma coisa, mesmo se for apenas bondade! Se todos fizessem isso e não fossem mesquinhos quanto a uma palavra gentil, então haveria muito mais justiça e amor no mundo . Dêem e receberão muito mais do que pensaram ser possível algum dia. [...] Jamais alguém ficou pobre por dar! Se fizerem isto, então em poucas gerações ninguém precisará mais ter pena das criancinhas pobres, porque elas não mais existirão!
Existe bastante espaço para todos no mundo, dinheiro suficiente, riquezas e belezas para todos dividirem! Deus fez o bastante para todos! Comecemos então por dividir igualmente.
Anne Frank - 26 de março de 1944


Heeeeeeeey lovebeans *-* Tudo bem com vcs? 
E ai? Leram o texto ali de cima? Se não voltem lá e leiam, porque é necessário. 
Esse texto foi escrito pela Anne Frank, acho que todos conhecem a história dela, mas pra quem não conhece tem um resumo aqui:
 Anne Frank foi uma adolescente alemã de origem judaica, vítima do holocausto, que morreu aos quinze anos de idade num campo de concentração. Ela se tornou mundialmente famosa com a publicação póstuma de seu diário, no qual escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu da perseguição aos judeus dos Países Baixos
Então beans, ela morreu em 1945, ou seja, ela escreveu o texto um ano antes de morrer. Mas não é pra isso que eu quero chamar atenção. 
A verdade é que eu quero chamar atenção pro ano que esse texto foi escrito! Caramba 67 anos atrás e parece que nada mudou! Aliás, algumas coisas mudaram sim. Antigamente se tinha respeito somente pelos ricos, hoje em dia não se respeita niguém! 
Pra ser muito sincera eu tenho medo de como vai estar a sociedade qnd meus filhos tiverem a minha idade, pq se hoje as pessoas da minha idade são assim e elas formaram a nova sociedade então... 
Não entendo isso, as pessoas são super capazes de ser melhor, mas parece que seilá, não querem, que têm preguiça ou estão ocupadas demais, se preocupando sempre só consigo mesmas e achando que tudo vai mal e não adianta fazer nda pra mudar, sem nem ao menos tentar! 
Sabe, eu não sou perfeita e não faço tudo de bom que eu quero fazer, mas acho que taí a diferença, eu quero fazer e conheço pessoas que também querem, só que conheço muitas mais que simplesmente se recusam.


Então beans pensem! Por favor *-*
Eu sei que o post foi chato, mas eu acho que não podia deixar de colocar isso aqui...

Amo vcs (: xoxo :*

terça-feira, 28 de junho de 2011

Just Wrinting... (:

Hello lovebeans ! *-*
Eu sei que eu vivo falando que to sem tempo... Hj nem vou falar isso tá bom, aliás nem vou lembrar do assunto de demorar em postar, pq né? Tá ficando enjoativo já, toda vez a mesma coisa...
Então o post de hoje eu tava pensando em fazer seilá, diferente... Sem tagarelar muito, bem rápido, só pra vcs matarem a saudade, risos! Divirtam-se amores, ou mudem de página... Não me importo, o importante pra mim é só escrever só isso... ;D
Sorry
Confesso que faço muitas besteiras, que deixo muita gente que eu amo magoada e não vou dar a desculpa de que é inevitável ou natural, porque não é. Eu queria muito, com todas as minhas forças, aprender sem errar, mas  sempre será impossível levantar sem cair...
Ana Paula Antunes (:

Some Words...

Sabe o que eu acho mais estranho ? É que algumas palavras, ditas de modo áspero ou não, dirigidas à mim, ou não, podem me causar um estrago enorme. E fazer com que o sorriso que eu guardei, cultivei e construí durante o dia inteiro se apague em simples três ou quatro palavras.

Ana Paula Antunes (:

A Kind Of Love
Um dia ouvi dentro de mim uma voz que perguntava: Porque não escreve sobre amor?
Simplesmente respondi: Porque não me é necessário.
Insistentemente ela continuou: Não te é necessário ou não te é possível?
Ao ver minha confusão de pensamentos e se dando por satisfeita a voz me abandonou. Mas de que adianta  se já havia deixado uma borbulha de perguntas em mim?
A primeira foi: Porque não me é necessário?
Seguida por: Todos escrevem assim, porque eu não?
E mais um milhão de porquês, de quandos e de ondes insatisfeitos e esperando por respostas.
Foi quando a voz volta e com um sentimento de pena resolve me ajudar: Não te é necessário, pois não te é possível e não te é possível, pois ainda não sabes o que é. Não te preocupes, a hora vai chegar e da maneira certa vai aprender o que é amar. Mas por enquanto continue escrevendo sobre o amor que tu conheces, aquele que nasceu contigo e te vê crescer, pois esse não precisa saber, faria por ti o impossível e te é infinitamente necessário!

Ana Paula Antunes (:

Somos todas princesas   

Podemos não sorrir o tempo todo
Podemos nos estressar de vez em quando
Podemos chorar, gritar, espernear, machucar...
Mas o que somos não irá mudar, 
Porque somos princesas. 

Talvez nós sejamos chatas
Talvez irritantes
Talvez você não nos ache bonita o suficiente
Mas nós somos princesas.

A maioria de nós não vive em palácios
Não têm príncipes que as esperam
Não andam em carruagens
Muito menos vivem um conto de fadas
Ainda assim somos princesas

Na verdade, vivemos uma vida comum
sem nada extraordinário,
com pessoas normais a nossa volta
E os dias passando sem histórias pra contar

Sofremos e sorrimos; 
Caímos e levantamos; 
Erramos e nos arrependemos; 
Erramos e aprendemos; 
Somos diferentes, somos princesas! 

Temos Fé.
Sendo feitas de uma Natureza Divina
Com infinito Valor
Procuramos Conhecimento
Escolhemos e nos Responsabilizamos
Realizamos Boas Obras
Somos Íntegras 
E Sempre guardamos nossa Virtude

Sendo Fortes; 
Firmes e Inamovíveis; 
Há procura do que nos faz bem; 
Somos princesas!

Com nossas coroas a luzir, 
Espalhando nossa luz inestimável
Lutando contra o mal
E perseverando até o fim

Somos princesas,
Filhas de um Rei,
Escolhidas para essa hora,
Preparadas para esse tempo...

Com um plano em mente,
Um caminho a trilhar
Sem nos desviarmos 
Somos capazes. Vamos conseguir!

Somos princesas, 
E não nos esquecendo de quem somos, 
Com ajuda em sussurros, 
Com a força de guerreiros 
E nossa própria determinação

Seremos rainhas!

Ana Paula Antunes (:



E então beans gostaram? 
Particularmente o texto "Somos todas princesas" me surpreendeu, nem eu esperava escrever algo do tipo. As palavras simplesmente foram vindo. Claro que foi necessário um pouquinho de esforço, mas não pensei que fosse ficar tão bom. 
Espero com todas as minhas forças que vocês tenham gostado tanto quanto eu gostei, ou pelo menos um pouquinho, risos. 
Já fazia um tempo que eu não escrevia nada do tipo ou nada bom pra ser sincera, risos. 

Por hoje é isso beans, 
Voltarei em breve, amo vocês! 
xoxoxo :*



quinta-feira, 2 de junho de 2011

" Somewhere in the park " & Defesas desnecessárias... (:


Era uma tarde de inverno, daquelas bem frias, em que as cores ficam desbotadas e tudo parece ficar melhor em uma fotografia preto e branco. Lucy olhava para o banquinho do parque e ele a convidava carinhosamente para um conversa.
Ela sabia que não precisava nem falar para que ele a ouvisse... Eram tão íntimos, desde seus primeiros passos se conheciam, afinal foi ali que sua mãe ainda viva assistiu uma menininha de cabelos curtos e pernas grossas ficar de pé e ir cambaleando até cair em meio à folhas secas no chão.
 Ali era seu esconderijo, e por mais que ficasse em um lugar aberto e que qualquer um pudesse se sentar, era dela. Aquele lugar a pertencia mais do que qualquer coisa no mundo.
Suspirou...
O motivo que a levara ali não era o mais agradável... Não que sua vida estivesse ruim, pois não estava, mas lhe faltava algo, alguma coisa que... Que... Ninguém sabia dizer o que era.
 Ali estava Lucy, com o casamento marcado, um bom emprego, uma vida confortável... Mas era isso mesmo o que queria? Era isso mesmo o que precisava? 
Passaram se horas e a moça míope, morena em seus vinte e poucos anos de idade, muito bem agasalhada continuava imóvel, fitando o chão como se assistisse a um filme...
Sentia o vento no rosto, gelado... Murmurava algo, alguma coisa que não era possível de entender algo como: ...Me perdi, em algum lugar no parque... Me perdi...
Uma vez quando pequena Lucy se perdeu de seus pais naquele mesmo parque e só foi encontrada horas depois debruçada naquele banquinho chorando. Quando perguntaram a ela o que havia acontecido a menininha respondia:
- Me perdi, em algum lugar no parque, eu me perdi. 
Passaram se anos e ela não entendia porque essa lembrança tão remota estava em sua mente a alguns dias e lhe aparecera naquele instante; foi quando respirou fundo e viu o que faltava, finalmente conseguiu encontrar...
Faltava ela em sua vida. Faltava a Lucy. Faltava aquela menininha doce e inocente que se perdera certa vez no parque, faltava aquela menininha que brincava com todos e sorria para tudo e por mais saudades que sentisse de sua mãe não era comparada a falta que sentia dela mesma.
Fazia algum tempo que havia mudado e não havia percebido, fazia um tempo que era tudo muito automático, muito moderno, muito adulto e nada Lucy, nem um pouquinho de Lucy.
Já era noite quando seu noivo chegou preocupado por não saber onde sua amada estava, ao ser perguntada sobre o que acontecera a menina só conseguiu sorrir e com os olhos molhados dizer: 
- Me encontrei... Em algum lugar do parque, eu me encontrei...


Ana Paula Antunes (:

Heeey beans lindos !  E aí já assitiram Piratas do Caribe 4? 
Eu assisti ! Mas foi bem menos do que eu esperava... Acho que eu criei espectativas demais em cima do filme (Tô esperando desde quando soube que estavam gravando, tipo um tempão)  Eles fizeram algo muito estranho cabelo do Jack, que jamais perdoarei, risos. E apesar de tudo o m ais de incrível que ele faz no filme  eu ainda achei que ele ficou menos Jack, mas tirando as minhas espectativas o filme é muuuuuito bom! Pra quem ama Piratas do Caribe vai ser um pouquinho frustrante, mas pra quem nem liga muito vai ser ótimo, é super engraçado e tem umas partes muito boas como a das sereias. Assistam, é legal!  
E como foi o final de trimestre de vcs?
O meu foi bom, afinal não fiquei de recuperação trimestral em nenhuma matéria. Fico tão feliz por isso, muito mesmo. Eu sei que muita gente vai falar: "Ah, mas isso é normal pra Paulinha... Ah, que bobeira aposto que ela nem fica feliz, sempre tira nota boa mesmo..."   Saibam vocês que eu fico feliz sim quando tiro nota boa, poxa vida! Todo mundo tem o direito de ficar feliz quando vai bem numa prova... Não é pq eu sempre tiro nota boa que não tenho que me esforçar pra fazer as provas e os trabalhos e que não possa ficar feliz ao ver o resultado do meu esforço! 
Ah, antes de ir pro assunto real do post só uma conclusão que e a minha amiga Sara  chegamos no fim do trimestre: "Ser herói com 15 anos no Ensino Médio não é ter visão de calor, nem salvar pessoas de furacões. Ser herói com 15 anos no Ensino Médio é não ficar de recuperação em nenhuma matéria." 
Risadas escandolasas! Acreditem não é uma coisa fácil, não mesmo. Nós ralamos muito pra sermos heroínas nesse trimestre. 
Mas agora vamos ao assunto real do post...
Beans, esses dias eu estava tranquilamente no tumblr quando vejo um post daqueles tipo campanha contra preconceito, até ai normal né? 
Mas era uma campanha contra preconceito com gatos pretos
Sim, isso mesmo, era meio que uma campanha contra pessoas supersticiosas que não gostam de gatos pretos e tudo&tal. 
Eu achei um absurdo! E não é pq eu não gosto de gatos, pq eu realmente não gosto de gatos, eles ficam te olhando com aqueles olhos parecem que estão lendo a sua alma, é uma coisa que me dá medo. Não é por isso que eu achei absurdo, achei um absurdo pq Primeiro: O gato não liga se as pessoas são superticiosas com ele ou não. Ele não tá nem ai, ele não tem noção de que as pessoas acham que ele é amaldiçoado ou não, pra ele não faz diferença. 
Segundo: Apesar de eu achar superstições uma bobeira (eu não passo de baixo de escadas só por precaução mesmo, não por superstição risos.), não acho que isso vá fazer mal a ninguém, pelo menos no meu ponto de vista não faz mal. A não ser que a pessoa queira maltratar, espancar ou matar os gatos pretos aí sim eu acho que é uma coisa necessária de se fazer campanha. Mas também acho que uma pessoa que bate num gato preto, bate em gato brancos, laranjas, marrons, azuis, roxos... Não importa a cor, aquela é uma pessoa doente que gosta de espancar gatos só pq eles leêm a alma dela. Não acho que uma pessoa supersticiosa terá coragem de encostar a mão em uma gato preto. 
Tudo bem que eu nem entendo muito de superstição, nada dessas coisas, mas o que eu to tentando dizer é mais ou menos isso:
Todo mundo tá querendo ser tão justo e tão defensor dos direitos de tudo, que estão esquecendo que as pessoas também tem direito de ter opiniões diferentes.  
Pc Siqueira 


Eu vi essa frase do PC um pouco depois de ver a tal campanha pros gatos, e tipo concordo super com ela. Hoje em dia tudo que as pessoas querem é dizer que são socialmente corretas e esquecem que estão defendendo bobeiras, estão fazendo um monte de defesas desnecessárias...
Claro que eu concordo com campanhas contra o preconceito racial, ou religioso, concordo com campanhas contra a violência com animais, com campanhas contra bullying e até contra homofobia [ Apesar de não achar certo o homossexualismo, não concordo que as pessoas maltratem as outras por causa disso. Acho que opção sexual não é motivo pra bater em ninguém, mesmo pq opção sexual não muda caráter e é o caráter que dita se uma pessoa é boa ou não, independente de sexo. Em resumo: Homossexualismo é errado, é pecado. Mas não justifica homofobia! ], pq afinal essas são defesas extremamente necessárias. O que eu não concordo são com defesas bobas, que algumas pessoas fazem só para aparecer e dizer: " Eu sou bonzinho pq eu criei uma campanha no tumblr..." Sem tá realmente nem ai pro que acontece  de verdade e o principal sem respeitar o opinião dos outros, se continuar desse jeito daqui a pouco vão começar a falar que piada de loira é discriminação, que deixar de cortar o cabelo na lua cheia é preconceito com a lua! Por favor né Beans, vamos pensar um pouquinho... Preconceito e discriminação são coisas horríveis? São! Mas senso e discernimento pra saber distinguir isso são coisas ótimas que todo mundo devia fazer uso!

Por hoje é isso lovebeans, espero que tenham entendido e gostado. Ah! E sobre o textinho em cima: Ele saiu do nada, exatamente do nada mesmo eu ia escrever algo totalmente diferente e ele saiu e eu amei, sei que ninguém mais vai gostar pq ficou meio melodramático e sem sentido mas eu gostei tanto *-*
PS: Esse posta era pra ter saído em Maio ainda, mas eu passei mal nessas últimas semanas e não consegui terminar de escrever pra postar, só consegui isso hoje, então me perdoem !

Amo vocês, bjs :* s2


segunda-feira, 2 de maio de 2011

O mundo real de fantasia & Bullying

"Se você olhar bem, verá que o mundo todo é um jardim!" - O Jardim Secreto.

E pra falar a verdade o mundo não passa de um jardim de segredos guardado a sete chaves em um guarda-roupas; uma terra de nuncas em que os nuncas principais são: nunca desistir e o nunca perder a fé. Uma dimensão interligada com várias outras em que pra se navegar nela a única coisa que se necessita é uma bússula brilhante feita de felicidade, amor e paciência. Um lugar em que um rei mau domina e é extramamente necessário que cavaleiros e seus dragões voltem, mas que me mesmo assim ainda existem pessoas que sabem que as coisas podem melhorar um dia e que lutam constantemente pra que isso aconteça. O único problema é que o tempo nesse guarda-roupas é limitado, pois é necessário um próposito para entrar e após cumprí-lo, é sua hora de sair e mesmo não sendo um mundo ideal muitas pessoas gostariam de continuar nele.

Hey dears Beans, quanto tempo... Mais de um mês não é? Sentiram minha falta? Bom, eu senti a de vocês, acreditem.
Gostaram do textinho? Bom, eu tava sem ideia do que postar aqui e acabei fazendo ele sem querer. Me inspirei na frase de cima do Jardim Secreto, e usei ideias de alguns outros livros e/ou filmes também, mas acho que vocês perceberam né?
Ok, agora eu realmente fiquei curiosa se vcs sabem ou não de que livros e/ou filmes eu tava comparando quando escrevi, é super óbvio, mas eu adoraria que vcs me dissessem, pode ser aki nos comentários, por msn, por orkut, facebook, tanto faz. Espero msm que vcs respondam, rs *-*

Mudando de assunto...

Bom, um dos motivos de eu ter demorado taaaaanto pra postar é porque eu fiquei sem assunto. Mas esses dias atrás a professora de português nos passou um filme o nome é: Para salvar uma vida. Que mostra a realidade de adolescentes que sofrem bullying, porque a minha escola está fazendo um projeto sobre isso e tudo&tal. Então como eu acho o bullying um assunto sério e muito legal, decidi postar.
Muito bem, o que é bullying?
Muita gente ouve falar de bullying e acha que é simplesmente frescura, acha que já sofreu bullying e que isso é doença moderna que não fazia mal antes e que agora é super valorizada.
Ok, provavelmente o que essa pessoa acha que é bullying não é.
O bullying não é simplesmente apelidos na escola ou brincadeiras sem graça. O bullying é uma ação de discriminação ou não que ofende a outra pessoa e muito mais do que ofende, ela agride outra pessoa. E quando eu digo agressão não to me referindo só a pancadaria depois da aula não, existe sim agressão verbal e é uma coisa muita séria.
Quer ver como é séria? O que você faz quando chingam a sua mãe ou a sua irmã (o)?
Viu? Agressão verbal é uma coisa séria e que gera sim consequências ruins na pessoa que foi agredida.
O problema é muitas pessoas supervalorizam sim o bullying e infelizmente isso virou moda, o que não é uma coisa legal, pois torna dificil distinguir o bullying das brincadeiras de escola. Acreditem, é uma diferença beeeem grande. E isso virando moda faz também com que mais pessoas pratiquem atos de violência física e depois dizem que foi bullying, pois bullying não tem punição tão séria como as outras coisas.
E por falar em punição, esse é o X da questão. Bullying na escola não tem punição adequada. O agressor leva uma suspensão no máximo e no outro dia volta pra escola. Convenhamos, não adianta de nada.
Então gente tenham consciência que bullying não é simplesmente um apelidinho ruim que te colocam na escola e que simplesmente te irrita, é mais que isso, é quando te machuca e não simplesmente te irrita. Think again!

Por hoje é isso beans, espero que me perdoem por demorar tanto! love u <3 xoxox

segunda-feira, 28 de março de 2011

Letters & "Reasons to Believe"

Hello beans! Tudo bem com vcs? Eu to bem, *-*
Ok, hoje eu decidi que vou postar uns textos que eu fiz tem um tempinho e acabei esquecendo de colocá-los aqui. Espero que leiam e gostem e interpretem direitinho...


Entre mim e eu.

Não converso comigo mesma por maluquisse ou por não ter com quem falar. Eu tenho. É que às vezes, só eu sou capaz de me ouvir, de prestar a devida atenção, de se interessar nas minhas palavras, de guardar certos segredos, de me responder, ou de simpesmente me interpretar sem prés julgamentos. Desculpa, mas há momentos em que sou minha melhor ou única companhia.
Ana Paula Antunes (:


I'm searching


  A verdade é que todo mundo procura um amor, procura uma felicidade, uma distração, um carinho, um abrigo ou simplesmente um abraço. O grande problema é que nem todo mundo vai encontrar. Mas e daí? Muitas vezes a caça tráz mais prazer do que a presa.  


Ana Paula Antunes (:


Indefinível

Engraçado é que quando me perguntam definições de certas palavras como: Felicidade, Amor, Amizade, etc... Eu simplesmente não consigo achar respostas que sejam compostas só de palavras. Minhas respostas se formam por verbos, por ações, por momentos, por lembranças, cheiros, gostos, imagens ou pessoas... É involuntário. Provavemente isso aconteça porque ações, momentos, lembranças e pessoas são mais importantes pra mim do que as definições.
Ana Paula Antunes (:


Espero não ter incomodado vcs com meus textos chatinhos, rs !
E pra terminar, como todo mundo sabe eu sou apaixonada por propaganda, ainda mais as da Coca-Cola. Mesmo sabendo que o produto faz mal e não fazendo uso dele, tenho q admirar os publicitários que fazem essas propagandas, porque são simplesmente perfeitas.
E não sei se vocês viram, mas eles lançaram uma campanha nova que é "Existem razões para acreditar, os bons são a maioria"  em português e "Reasons to believe" em inglês. E incrivelmente eu achei o comercial brasileiro melhor que o americano, o que é muito raro de acontecer.
O comercial é esse aqui pra quem não viu : video
Ele mostra que mesmo nesse mundo caótico em que vivemos e mesmo com tantas coisas ruins acontecendo ainda assim pode haver um motivo pra se acreditar, pra se ter fé na vida e que pessoas boas existem.
Eu acredito fielmente no comercial. Não que isso seja ingenuidade, não é. É simplesmente vontade. Vontade de que o mundo mude e felicidade em saber que isso pode acontecer, que as coisas podem melhorar e que nem tudo está perdido.
Muita gente acha que é comercial é simplesmente pra enganar as pessoas ou fazer com que isso se torne uma alegria boba pra desfarçar os problemas, pode até ser isso mesmo, se você encarar ou interpretar assim. Se você quiser mesmo que seja assim, que não exista mais fé, que não exista mais amor e que ninguém mais pode ser feliz, é assim que vai ser.
Mas se você interpretar diferente e sentir realmente o espírito que tem no video, você vai ver que as coisas podem mudar, que as pessoas não são totalmente más e que exatamente tudo tem um lado contrário e algumas vezes bom.
E só pra terminar tem mais uma coisa linda que eu gostaria de compartihar com vocês.
video

Acho que a maioria de vocês aqui sabem que eu sou apaixonada por Glee! Então esse foi um episódio da primeira temporada em que eles assistem um coral de surdos, e em meio a um clima  de competição e vontade de ganhar sem pensar nos outros o coral de surdos começa a "cantar" a música Imagine- John Lennon. Eu me emocionei quando assisti e achei lindo, pq primeiro a letra da música é maravilhosa e segundo porque eles cantando é a coisa mais linda do mundo.

Espero que vocês tenham gostado do post beans *-* Obg por ler! bjbjbj :*


quarta-feira, 16 de março de 2011

Acamp. 2011 & Aniversário & Friends (:

Em geral as pessoas só enxergam um tipo de amor, quando na verdade existem vários. Não importando qual seja o que se encherga, é extremamente necessário que enxergue. Pois mesmo não vendo tudo ainda se vê um pouco e esse pouco pode fazer milagres, afinal toda história tem vários lados, mas mesmo lendo só um pode se alcansar um final feliz.

Ana Paula Antunes (:

Heeeeeeeey beans ! Como vão?
E o carnaval? Foi bom ?
Desculpa ae se foi ruim, mas o meu foi MARAVILHOSO !  ( Humildade mode on risos) Bom, não há como não ser afinal eu fui pra Conferência de Carnaval SUD (A igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias).
Alguns de vcs que acompanham o blog já devem ter ido, ou ouvido falar enfim... Eu amo os Acamp.'s e não sei o que seria do meu carnaval sem eles, só que esse em especial foi melhor. Não que eu tenha ido em muitos, esse foi o meu terceiro, mas eu tenho certeza que não vai ter nenhum igual.
Primeiro porque esse foi só de Moças. É isso ai, em geral o acamp. é com rapazes e moças juntos, mas dessa vez foi separado e não me arrependo nem um pouquinho. Agente teve mais liberdade, pôde fofocar à vontade (risos) e nem teve que dividir a piscina! 
Confesso que no começo não estava muito animada. 1° pq eu mudei de ala e 2° pq era separado. Mas no final foi tão bom, tão espiritual, tão divertido que não há palavras pra descrever aqueles dias e nem lembranças que vão superar essas !
Meu primeiro acamp. tbm foi muito especial. Com certeza vou guardar esses dois com muito carinho e tdas as amizades que eu fiz nos dois também !
Bom, não sei se vcs entenderam o textinho de cima, mas pondo em prática pra esse post foi que eu aprendi a enxergar MELHOR um tipo de amor que eu sempre achei que visse, mas nunca tinha dada devida importância.
AMIZADE !
Eu sempre dei valor pros meus amigos e tudo, mas nesse acamp. eu pude ver como a amizade é importante na minha vida, como me ajuda a crescer e a amadurecer em qualquer aspecto.
Mas sério agora, meninas muito obg por tudo, eu amo vocês de todo o meu coração, vcs são lindas e saibam que eu vou sempre estar aqui pra oq vcs precisarem!
 
Acampamento OM Sud 2011 !

E falando em amizade, acho que muitos de vcs que leiem aqui me tem como amigo no orkut, então todos sabem que meu aniversário foi dia 15/de março! Pois bem, eu fiz 15 anos ! E em geral nas aniversários de 15 anos tem aquelas festas lindas e maravilhosas.
Bom, eu realmente acho q aquelas festas são lindas,perfeitas, mas não pra mim. Eu não sou a maior fã de festas muito grande pq dá muito trabalho. /FATO
Sabe, quando chega na hora da festa vc tá estressada e muitas vezes não dá tudo certo como vc planejou... Sendo assim, decidi que não queria festa desde os meus 10 anos de idade (não pensei que fosse passar tão rápido) Também não cobrei presente de ninguém, pq pra ser sincera presente é uma coisa muito vaga. Não quer dizer que pq a pessoa te deu um carro que ela te ame eternamente. Eu prefiro presentes alternativos como cartinhas em que a pessoa escreve oq realmente sente por mim, msg de texto, um pote cheio de jujuba ou M&M, livros,dormir na casa das amigas, fotos, abraços sinceros... Enfim,um milhão de coisas que o dinheiro não compra (ou compra usando pouco) e que valem mais do que carros, casas, roupas de marca... Lógico que se eu ganhar um carro ou uma casa ou roupas de marca eu vou ficar muito feliz com certeza. Mas não quer dizer que isso seja o principal ou que eu vou ficar MAIS feliz por ter ganhado ou gostar mais de vc por me dar isso, na verdade se eu não gosto de vc antes de vc me dar um carro eu vou gostar muito menos dps pq isso só vai mostrar como vc é falso. /FATO !
Lógico que existem excessões, existem perdões e tudo. Mas o que eu to tentando dizer é que não importa o que seja o presente (ou que seja um presente) o importante são os sentimentos da pessoa que está presentiando.
E falando nisso eu ganhei o melhor presente alternativo! Meus pais preparam uma festinha surpresa pra mim! Deu um super trabalho pro meu pai conseguir ajeitar tudo e pra Karenlinda (xuxuuuu) chamar tdo mundo, e pra guardarem segredo também... Uma pena eu ter descoberto, mas essas sooisa acontecem né (risos)
Eu amei de verdade, mt obrigada a tdo mundo que foi, acreditem ou não foi mt importante pra mim *-* Obrigada de coração, amo vocês !

Ah, antes de treminar o post eu quero mandar um beijo enorme pra Tia Denise e agradecer tdo o que ela fez e faz por mim todos os dias. Tia eu teamo muito, vc é uma pessoa linda que me inspira e saiba que eu te admiro demais ! (:

Ok beans, então por hj é isso ! Muuuuuuuuuuuuito obg por tudo, love you ;D

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Muito Eu & Who? & Back to School (:

E daí que ninguém faz as coisas que eu faço, tem os mesmo gostos ou pensa parecido? Eu não preciso que isso aconteça, ou que me achem normal ou aceitável. São só características, personalidade, detalhes e opiniões. Tudo isso muito pessoal, muito meu e muito único, mas mesmo assim igualzinho a você!
Ana Paula Antunes (:
                                                                    
Quem decide o que é aceitável? O que é agradável ou o que é bonito? Me diz, quem?
Quem decide o que é correto vestir, o jeito correto de andar ou o jeito correto de falar?
A sociedade decide? Pois bem, quem é ela? Desculpe, mas não a conheço.
Você sabe quem eu conheço?
Conheço eu, conheço você, conheço uma porção de pessoas. Mas nenhuma delas se chama Sociedade, nenhuma delas se chama Moda e nenhuma delas me obriga a fazer coisas que não condizem com meus pensamentos.
E então, quem define o que é beleza?
Você não sabe?
Bom, eu sei! Você define o que é beleza, a partir do momento em que não se vê rostos e sim humanos. Iguais a você.
E então, quem decide o que se deve vestir, como se deve andar ou como se deve falar? 
A TV? O computador? Ou você mesmo?
Ainda não sabe a resposta? Tudo bem, eu respondo pra você.
Depende.
 Se você quiser que os outros notem a sua roupa, deixe que a TV ou o computador decidam.
Mas se você quiser ser notado pelo que fala, pensa ou como age, escolha você mesmo.
Afinal, é você quem decide o que é adequado, o que é sensato, o que é virtuoso, o que é bonito e o que você gosta. Por mais que saiba o que é certo ou o que é errado, você decide, você escolhe e você se responsabiliza.
Você, você, você e você...
O mundo não gira entorno de você. Mas se souber escolher, você pode dar a volta nele a hora que quiser...

Ana Paula Antunes (:


Hello dear Beans ! Como vocês estão? Já voltaram as aulas? 
Eu já voltei e confesso que não foi muito como eu esperava. Não foi nem melhor, nem pior, só não foi do jeito que eu imaginei, entendem?
Pq é sempre assim todo dia 31 de dezembro você pensa que tooooda a sua vida vai melhorar a partir do dia 1° de janeiro, que aquele vai ser o melhor ano... E na verdade aquele ano acaba sendo a mesma coisa que os outros, algumas vezes até pior. Comigo acontece a mesma coisa com o ano letivo, e 2011 não podia contrariar não é?
Como eu disse agora estou no Ensino Médio e tive que mudar de escola por causa disso, então eu imaginei que a escola nova seria liiiiiinda, maravilhosa, cheia de gente bonita, inteligente, legal... Uma perfeição só. Mas como vcs já devem saber não foi nada disso.
Não que a escola não tenha pessoas com essas características, lá com certeza tem! Mas não são todos, como imaginei, a estrutura tbm não é lá essas coisas e eu acabaei ficando em sala separada das minhas amigas... Mas mesmo assim eu gostei, pq tenho certeza que daqui à alguns anos quando estiver saindo de lá vou sentir muitas saudades e vou lembrar dela com muito carinho! Afinal foi a mesma coisa na escola antiga, exatamente do mesmo jeito, e agora eu sinto saudades e lembro de muitos momentos bons passado lá.
Falando em escola antiga, eu encontrei muita gente que estudo comigo a muitos anos a trás. Ai, é tão legal  isso, tipo você ver que a pessoa ainda existe e tbm cresceu junto com você (Ou no meu caso, só a pessoa cresceu... Risos) Particulamente eu acho isso muito legal,  pq vc vai vendo o que as pessoas se tornaram sabe? Ah! É muito legal risadas.

Meus beans lindooooos *-* Como vcs viram (ou espero q tenham visto) minhas aulas voltaram, e o meu horário está todo de cabeça para baixo, por váááários motivos. Um deles é q agora a aula termina 18:10 e eu chego em casa 19:00, pq venho de ônibus (Aguardem, farei um post só com meus micos no ônibus HAHA) e tudo e tals, então vai ficar mais dificil pra eu postar pelo fato do tempo. Mas eu prometo q postarei o mais frequente possível.
Olha só, vão ter posts q serão só de textos, extamente pelo fato de eu não ter tempo pra ficar digitando o que tem acontecido comigo e tbm por não acontecer muita coisa.
Mas fiquem tranquilos... O blog vai continuar normalmente, só vai demorar um pouquinho mais pra ter posts e de vez em quando vão ter posts diferentes ! ;D

Ps: Era pra esse post ter saído semana passada, mas devido a tudo isso que eu já falei ali em cima, acabo que eu só consegui colocar aqui hoje. Espero que entendam !


Por hoje é isso, beeeeeeeeeeijos lovebeans *-*