domingo, 24 de outubro de 2010

Aniversário de criança (:

Heeeey Beans ! [;
Eu não vou fazer denovo aquele discurso de falar que eu não postei antes pq tava estudando pq vcs já sabem, mas além de estar estudando tem outro motivo : Aniversário do meu irmãozinho *-*

Eu, meu pai e minha mãe ficamos envolvidos dos pés a cabeça nos preparativos. Não que estivessemos organizando algo grande, de jeito nenhum, era uma coisinha simples, mas qnd se trata de festa de criança nunca fica uma coisa exatamente simples. /Fato.
Pelo menos aqui em casa nunca é algo tão simples, pq a minha mãe ama decorar festa. Então fica sendo algo  intitulado simples pelo fato de os únicos convidados serem da nossa família, mas nem tão simples assim por estar super decorada.
E a única coisa que não pode faltar em festas de aniversário decoradas são... advinhem... AHÁ !  Bolas de assoprar! Pois é, smp sobra pra mim ter de encher e amarrar.
Todo ano, não importa de quem seja a festa, é sempre a Paulinha que tem que encher as bolas. Eles falam que eu não posso reclamar pq afinal é mais fácil do que fazer qualquer outra coisa pra festa...
Olha eu não acho que seja tão fácil assim. Nos anos anteriores nós tínhamos que encher bolas soprando msm do modo mais analógico possível, risos. Encher 50 bolas com a boca não é uma coisa fácil, pelo menos eu não considero. Eu fico sem ar depois de cinco bolas, então tenho de ir parando de cinco em cinco oq demora mais e faz minha mãe gritar comigo ( risos), sem falar do gosto ruim daquele pózinho que fica dentro das bexigas eu fico sentindo aquele gosto durante um tempão depois de terminar de encher, e é um gosto muito ruim. Eles podiam inventar bexigas com aqueles pózinhos de gosto melhor ou simplesmente sem ele.
Só que esse ano mamãe, pra facilitar a minha vida, comprou uma bombinha pra encher, ÊÊÊ ! De fato elas são bem melhores e ajudam bastante na hora de fazer o trabalho. O problema com certeza não é a bomba, nem as bolas, o problema, obviamente, sou eu.
Vocês já assistiram Malcon? O mais provável é que não e se assistiram não vão lembrar pelo nome pq passava quando eu tinha, seilá, 8 ou 9 anos de idade. Malcon, pra quem não sabe, é uma série americana muito engraçada que mostrava o dia-a-dia e as confusões de um garoto ( o Malcon, lógico). Esse garoto tinha uma família hilária e nada convencional, ela era composta por Mãe, Pai, Irmão mais velho, 2° Irmão mais velho, Malcon e o Irmão mais novo ( desculpa, mas eu não vou lembrar o nome de todos, tem muitos anos que eu não assisto).
O irmão mais velho - Francis, Ithink- tava no exército e ele era suuper distraído, tem um episódio que mostra somente disso. Ele tinha que estudar e do nada se distraía com outra coisa. Tinha hora que era uma barata ou até mesmo um fio solto na blusa.
Ok, mas oq isso tudo tem a ver com o meu problema com a bombinha? Tem tudo a ver, pq eu sou idêntica ao Francis nessa questão de distração, ainda mais quando o trabalho é fácil de ser feito. Eu começo a fazer outras coisas e pensar: aaah, depois eu termino, é rapidinho mesmo...
Mamãe sempre briga muito comigo por causa disso, mas não é uma coisa que eu faça por querer. É tipo, seilá, do nada eu esqueço o que eu tava fazendo e começo a fazer outra coisa e aí eu paro e começo outra o que me leva a começar a fazer milhões de coisas sem nunca terminar uma.
Demoro um bom tempo pra encher todas as bolas, por que eu tava assistindo televisão enquanto fazia o que piora muito o problema, muito mesmo. O que fez com que a "decoradora da festa" (risooooos) falasse bastante na minha cabeça. 
O problema mais grave qnd o assunto é bolas de assoprar em festa de criança é que elas pocam. Desde bebê isso me incomoda, e me incomoda muito. Quando eu era neném eu sempre chorava muito ao ouvir o barulho do estouro. Tudo bem que hoje eu não choro mais, mas continuo não gostando. É uma coisa que me irrita profundamente e me deixa muito agoniada ficar no meio daquelas crianças felizes gritando enquanto os balões morrem, e ainda me faz lembrar de todo o trabalho que eu tive pra enchê-los.
Não contando o fato de que eu me cortei amarrando os balões. Isso é uma façanha que só eu consigo fazer. Nenhuma outra pessoa no mundo corta o dedo amarrando balão, você pode cortar o dedo no copo descartável, ou no papel, mas só eu consigo cortar o dedo dessa maneira. Isso pq eu sou uma pessoa muito esperta e muito inteligente também... Risos
Além das questão das bolas de assoprar tem alguns outros fatos que me fazem não gostar de festa de aniversário infantil.
Primeiro: Foto. Eu nunca saio bem  em foto de aniversário, pode ser infantil ou não. Certo, que eu não sou bonita então não vou sair bonita em nenhuma foto. Mas especialmente nas de aniversário eu saio pior. Sempre deixam pra tirar a foto quando eu vou falar ou demoram muito e ai meu sorriso fica forçado e outra na maioria ficam olhos vermelhos, mas isso é o de menos pq o Photoshop - my hero haha - concerta, mas fica feio do msm jeito! Bom, fotos em família ou com o pessoal da igreja ou com a escola são uma droga, pq não importa ocasião ou a comemoração eu vou sempre ficar ridicula nas fotos, smp! Outra, não sei na casa de vocês, mas aqui agt sempre separa na hora de tirar foto com o aniversariante. Ex: Aniversariante + Avós. Aniversariante + tias. Aniversariante + pais. Só que na hora do aniversariante tirar foto com os primos eles não falam Aniversariante + primos, falam Aniversariante + as crianças da festa, pq a maioria dos meus primos por parte de pai são crianças, o mais velho tem 10 anos, então todo mundo começa a rir e fala: " Aaaah, vai lá também Paulinha, vc também é criança! " Não é que eu não goste de ser chamada de criança, na verdade eu não ligo, mas é que nessas horas eles usam o termo criança de um modo tão pejorativo que eu me sinto mal tendo que ir e pior me negando a ir, então eu tenho que dar um sorrizinho sem graça e fingir que foi uma piada muito engraçada quanto ao meu tamanho e tudo&tal, só que não é engraçado pra mim.
Segundo: Crianças. Não sempre, mas na maioria das vezes eu tenho que tomar conta das crianças nas festas. Meus pais estão ocupados e tudo e ai eu que tenho que conservar a casa de pé! Não é legal pq uma coisa é vc chamar atenção do seu irmão que te respeita ou pelo menos que vc pode gritar com ele, outra é vc ter q ficar toda melosinha e falar um não todo carinhoso pra não ofender a criança que vc não pode chamar atenção enquanto ela destroi a sua sala.
Terceiro: Música ou filmes pra entreter os convidados. Xuxa, Backyardigans, A Galinha Pintadinha, Ben 10 etc... Precisa explicar mais alguma coisa? Gargalhadas
Quarto: A comida. Bom, esse é um problema que não é bem problema e eu acho que só acontece na minha família. Não é bem um problema pq a comida é a melhor parte da festa infantil, pq tem aqueles docinhos e salgadinhos e balas e um monte de coisa gostosa que criança geralmente não pode comer. Minha mãe nunca me proibiu de comer nenhuma besteira, é por isso que eu não gosto de nada saudável HAHAHA! Resumindo, o mais comum é que em festa de criança tudo, em relação a comida, seja uma delícia. Só que na minha família alguns membros dela tem o péssimo hábito de reparar o que você ta comendo ou não, ou reparar o tanto que você come. Sinceramente eu acho isso ridículo e fico super semgraça quando algum deles falam: " Nossa Paulinha, ta comendo isso tudo? Cuidado não engordar hein..." ou " Caramba ! Saiu do regime mesmo hoje hein?" Eu não sei se eu sou a única que fico constragida, ou se eu fico constrangida pq quando eu era criança eu tive um problema meio sério com peso. Graças a isso eu criei um certo trauma na hora de me alimentar em público. Ex: Quando eu to na casa das minhas amigas ou das minhas avós e eu vou almoçar eu sirvo tipo, muito pouco. Não que eu fique com fome ou sirva menos que eu necessário, mas eu acabei me acostumando a comer muito pouco mesmo quando eu to em público, ou as vezes nem comer. Então tipo eu como super pouco no almoço e depois vou comendo biscoito ou qualquer outra besteira pra não dar tempo de ficar com fome. E nas festas é bem pior pq eu não consigo me controlar e engraçado é que eu nem percebo o quanto comi pq eu não ligo pra essas coisas, eu não deixo de comer uma coisa que eu gosto pq vai engordar. Então tem sempre alguém pra contar quantos pedaços de bolo ou quantos salgadinhos eu comi e ficar falando e tipo nessa eu perco todo o gosto pela comida que eu tava comendo e aí eu paro pq eu fico sem graça e é muito ruim, mt msm. Meu pai também não é mt fã dessas observações mas ele consegue revidar o que é uma coisa meio complexa pra mim pq o que eu penso em responder quando fazem isso seria muita falta de respeito então eu acabo meio que fingindo que não ligo e esqueço até a próxima vez que eu vá comer.

Bom a minha família é um tanto grande então sempre tem váriooos problemas, mas família é família né? E família não importa o que aconteça vai ser sempre família. Gostando ou não é algo que não dá pra negar ou esconder, então a única coisa que dá pra fazer é ignorar e relevar [;

ps: a foto lá em cima não tem muito a ver com o tema né? Mas foi a foto mais bonitinha de festa que eu achei, risadas
ps 2 : beeeeeeijão pra TODO MUNDO que acompanha, gosta e lê o blog. Vcs não sabem como é bom pra mim saber disso *-* Wall e Sami bjs! HAUSHUAS' Viu? Agr vcs podem parar de brigar cmg /brinks s2s2'
kisseeees lovebeans ! :*

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Ecologicamente correta & ser normal (:

Hello beans!
Hoje eu vou falar de uma coisa que acho que todos já estão cansados de ouvir, mas que é suuuper importante : Meio Ambiente.
Penso que qnd qualquer pessoa ouve essas palavrinhas pensa: Nossa, que droga! Não aguento mais ouvir isso... Bom, minha mãe diz que quando somos chamados muita atenção sobre uma coisa é pq ainda tem algo errado. Mas eu não to aqui pra chamar atenção de ninguém, afinal quem sou eu pra chamar atenção de alguém? Sou nada mais que uma mera mortal que não equivale nem a um grãozinho de poeira no espaço.
Também não to afim de ficar pagando de ativista vegetariana que vai mudar o mundo e que secretamente mata as pessoas que não se preocupam com a natureza! Não eu não sou assim, msm porque eu teria que matar muita gente que eu gosto e isso não seria uma coisa muito boa risos. O que eu sou na verdade é preocupada com o futuro. Não entra na minha cabeça que os meus filhos e netos podem viver em um mundo sem nenhuma árvore, ou ver animais só em livros, se saber se eles existiram de verdade, suporto menos ainda pensar que eles poderão nem existir se o mundo continuar do jeito que está.
Se a algum tempo ( eu diria muuuuuuito tempo) as pessoas amavam ir à praia pq era limpa e gostosa e blábláblá e hj boa parte da população - talvez se ja só eu, não sei - não vai por ela está totalmente imunda e horrível, imagina daki a uns vinte anos como ela vai estar? Acho que nem vai ter mais praia...
Ok,  todos podem pensar: Nossa, olha lá ela ta fazendo isso só pra ter mais assunto no blog, nem se importa de verdade com a natureza...
Bom, eu não posso impedir ninguém de pensar essas coisas pq aliás eu também pensaria, mas quem me conhece mesmo sabe que eu sempre gostei desse assunto e que sempre achei que é uma das coisas que vale super a pena ser discutida.
Não sou perfeita. Não vou falar que nunca fiquei mais de 10 minutos no banho ou que nunca joguei nenhum papel de bala na rua porque seria mentira, mas ao contrario de muita gente eu TENTO não fazer essas coisas e sei que com muita força de vontade se torna fácil largar esses péssimos hábitos.
Eu separei 4 videos pra mostrar pra vocês. Alguns vocês já devem ter visto, pois estão (ou estavam) em circulação na tv, mas vale a pena dar uma olhadinha de novo.
Esse primeiro mostra como o nosso planeta vai ficar, ou já está ficando! A animação é bonitinha e tudo, mas tentem imaginar como seria isso no mundo de verdade.


video

Não sei o que vocês imaginaram, mas eu me imaginei andando no meio desse monte de fumaça do final, e meio perdida sem conseguir respirar direito. Pra ser sincera não foi uma cena muito bonita.
O segundo é um comercial da WWF também, só que foi feito pro Canadá. Lógico, pois cada país tem sua necessidade diferente de conciêntização, mas eu achei muito lindo e serve não só pros canadenses, mas pragnt tbm, pelo menos pra vermos como é a situação lá fora.
video

Eu tomei um baita susto quando vi pela primeira vez, risos. O ruim é pensar que isso existe mesmo, que tem gente matando baleias e golfinhos de maneira tão cruel... Eu não suporto ver nenhum animal sofrendo, acho que é uma coisa desnecessária e ridícula fazer isso, eles não fazem mal a ninguém, custa deixá-los quietinhos?
Então, quanto aos animais nós meros mortais não podemos fazer muita coisa a não ser desprezar a prática da caça deles, mas existe sim, coisas pra se fazer com quando o assunto é " salvar o mundo " Todos podem evitar jogar lixo na rua, evitar passar muito tempo no banheiro, não lavar a calçada com água da mangueira ( Não há nada no mundo que me irrite mais do que pessoas lavando a calçada com água da mangueira. Gente é uma calçada! Calçadas são feitas só pra se varrer, pq dps de 5 minutos milhões de pessoas vão passar por ali e vão sujar tudo de novo. É muito desperdício de água atoa), pode reciclar seu lixo, evitar usar sacolas plásticas enfim... Várias coisas simples podem ser feitas pra ajudar. Aqui vão dois videos que falam sobre isso.
video

Propaganda típica que todo mundo lembra quando falam sobre esse assunto e super bonitinha também. Não é uma coisa dificil de se fazer e que se todos fizerem vai ajudar bastante...
video

Esse último é o seguinte, não importa se ninguém faz, não importa se ninguém reconhece e não importa se ninguém liga. Se você fizer, com certeza alguém vai ver e mesmo que não fale nada vai reconhecer seu esforço e se não reconhecer dane-se, você ta fazendo o seu melhor e tomando atitudes que fazem com que o mundo seja um lugar melhor. E se você não tiver afim de fazer pelos outros, seja egoísta e faça por você. Faça pelo seu futuro, pela sua família e pelas pessoas que você ama, pois afinal essa é uma das únicas razões para qualquer luta possível existente. Alguns dizem que não adianta fazer nada pq um dia o mundo vai ter q acabar msm, isso é óbviu. Mas eu não quero que o mundo acabe antes de um jeito tão terrível, por culpa minha e antes de eu não ter vivido metade da minha vida.
Façam qualquer coisinha miúda pra que essa realidade mude, com certeza vocês vão se sentir melhor por ajudar...
Só pra terminar esse assunto. Em um dos meus posts antigos eu tinha dito que "virou moda cuidar da natureza" e realmente virou. Não fiz esse post só pra abordar um assunto que todo mundo gosta, jamais faria isso. Mas é um assunto que é moda sim, mas é uma moda da qual vale a pena participar, pq msm se você estiver fazendo qualquer coisa que seja só pra falar pros seus amigos que você faz já é ótimo, pq no mínimo vc já ta fazendo algo e consciente ou não você vai estar ajudando. Think again ;]
ps: bjs pra Lê q ama natureza ! risosrisosrisos

Mudando de assunto...

Ok, eu sei q ngm é mt fã dos meus devaneios e das minhas paranóias, maaaas eu fiz o blog pra postá-los então, sinto muito...
Bom, isso aqui é um que eu fico pensando quase sempre, não me julguem. Eu não fiz pra magoar ninguém, pq as pessoas são bem mais do que aparentam e se você for meu amigo e aparentar qualquer coisa que eu citei entendam que eu não vou deixar de falar com ninguém por causa disso e nem deixar de fazer amizade nem nada, é só a minha opnião e eu posso mudá-la, ou não...
E última coisa : Entendam a ironia, sintam-na e apreciem. Não fiquem pensando besteira, achando que eu to pagando de Felipe Neto tentando críticar e falar mal de terra,céu&mar. Não é isso, é só mais um dos meus devaneios, mais um dos meus textinhos sem sentido e chatinhos !

Eu queria ser normal...
É, eu queria ser normal.Queria falar errado, escrever errado, olhar errado, pensar errado. Melhor, eu gostaria de não pensar, não me incomodar com a desgraça alheia, não me incomodar com nada nem ninguém. Ah, eu adoraria não ter de amar, seria tão bom... Nada de amor, apenas achismo, te acho bonito, te acho legal, te acho simpático ou acho que você tem uma extensa conta bancária... É seria bom. Seria bom também não ter opinião, fazer tudo o que as pessoas mandam ou que a mídia sugere. Eu não queria ter personalidade também, é muito chato ter certeza do que gosta e não se deixar levar pelas imposições alheias. Queria mudar de gosto assim como os programas de tv mudam de atração principal. Queria não me incomodar com a dor nem com o futuro. Afinal, para as pessoas normais só o presente importa, o futuro é distante e nunca vai chegar...
Queria ser legal, ser orgulhosa, ser sensível, ser engraçada, ser bonita, ser organizada. Queria me importar com moda e com status nada mais que isso. Queria ouvir as músicas que todo mundo ouve não me importando se é boa ou ruim. Queria ser mais egoísta e menos sincera...
Ah, deve ser ótimo ser normal, uma pena eu não partilhar dessa maravilha...  
Ana Paula Antunes

Então é isso beans, muito obg por tudo de coração.
kisses and more kisses for u <3

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Exercícios físicos&my Teenage Dream (:

Hi beans ! Como estão? ;)
Eu não to muito bem não pra ser sincera. Esses dias atrás nós (meninas-moças SUD) tivemos uma aula sobre saúde física e advinhem quem foi a mais repreendida da aula? risos
É, fui eu. Mas tudo isso só por que eu assumo sem nenhuma vergonha o meu sedentarismo. Ta, eu sei que é errado, mas o que eu posso fazer?
Pois é, me responderam o que eu podia fazer : Exercício.
Bom, no ínicio não foi nada de mais né? Afinal, ninguém morre por fazer uma sériezinha de exercícios de vez em quando.
Eu pensava assim até fazer a tal sériezinha. Eu QUASE  morri ! risos,risos,risos
Podem duvidar, mas pra mim foi muito tenso. Minha panturrilha ta doendo até hoje, e isso não é uma coisa agradável. Não mesmo!
Ok, eu não sou idiota ao ponto de colocar a culpa toda em cima do que eu fiz. Eu sei que a culpa maior é minha por passar muito tempo parada e blábláblá...
Só que agora eu não sei se vou fazer isso de novo, não to acostumada com a dor e acho que nem nasci pra ficar sendo saudável também, mas eu tenho que tentar né? não posso morrer antes de casar com o Podolski. Gargalhadas. Tá, brincadeira.
Sério agora, eu admiro muito quem faz caminhada, quem corre ou quem vai na academia. Mas isso não é uma coisa que eu sinta necessidade de fazer, é quase a mesma coisa que dançar. Não faço, não sei fazer, sou super dura, mas acho super lindo e admiro muito as minhas amigas por conseguirem fazer bem ( a Evelyn Souza principalmente [; ). Não é que eu não tenha vontade - talvez falte um pouco -, mas o problema é que eu não me sinto bem fazendo, não é uma coisa que eu ache legal pra mim. Esportes a mesma coisa, sempre pago mico fazendo qualquer um, ainda mais se for com bola! É incrivel, mas ela sempre sente atração pela minha cabeça, seeeempre. Pode ser 3 cortes, queimada, vôlei, futebol, hand ball, basket, pode ser até ping-pong. Mas a bola vai sempre dar um jeito de bater em mim, não importa como, mas vai !

Mudando de assunto...


Vocês já ouviram a música nova da Katy Perry? Teenage Dream? Tenho certeza que sim, mas se não, apenas saibam que é ótima e linda *-* ( Lógico né? Olha quem canta...).
Então eu tava ouvindo ela enquanto pensava em o que postar aqui no blog, acabei esquecendo o blog e comecei a pensar nos meus " teenage dreams " no começo eu só conseguir encontrar dois: Ser Jornalista e Conhecer o Mundo.
Mas depois de um tempo vários outros foram surgindo e não são só sonhos atuais, mas tem uns antigos também. Ex: ter uma banda ou dançar hip hop. risos,risos,risos
Sonhos de quando eu tava na 5° série, e que hoje não fazem o menor sentido pra mim, mas que na época eram super importantes e realistas. (realista?oi?) Acho que os únicos que eu não desisti e tenho desde a 4° série são os 2 primeiros que eu listei, quer dizer, hoje meu sonho é conhecer o mundo inteiro, mas quando eu era mais nova era só a Inglaterra. Ela continua sendo prioriadade, mas eu acabei descobrindo que o mundo é um pouco maior e um pouco mais legal, rs.
Parando pra pensar agora já tive vários sonhoszinhos de adolescente e vou continuar tendo, afinal to só no comecinho dessa parte da vida...
Então além dos que eu já falei, tem alguns mais...
Morar sozinha, ter um irmão mais velho, ter um cachorro, ter um carro, tocar violão, ter um cartão de crédito só pra mim, casar com o Beckham [/riisos, brincadeira, me contento com o Tiago Iorc], ser decoradora, ser veterinária, ser bailarina, falar frânces, falar espanhol, morar na França, morar na Austrália, ter um ornitorrinco de animal de estimação, ser bióloga, ter uma casa com chaminé, morar em apartamento, ser arquiteta, morar em uma fazenda, ser famosa, morar em São Paulo, morar em Minas, trabalhar em uma livraria e etc...
Enfim, esses dreams não são tão teenage, porque são beeeem velhos ( a maioria deles), mas são sonhos que eu tinha e eram bem importantes pra mim. Naquela época pensar que eu não ia conseguir era bem doloroso e hj pensar que um dia eu quis uma coisa dessa é vergonhoso risadaaas, mas é legal lembrar - eu gosto bastante - sem falar que alguns deles eu ainda tenho e vou continuar tendo por bastante tempo, afinal sonhar não custa nada ! ;]

Deaaaars me perdoem, por favor :/ É sério, eu to demorando muito pra postar, mas é pq eu to tendo que estudar mt msm, desculpa ! Prometo que vou postar com bem mais frequência qnd isso tudo passar. Espero que tenham gostado desse post, não ficou muito bom, pq to meio sem tempo e sem mt assunto, vou procurar melhorar...
Obg loves *-*